Tráfico de drogas entre as piores formas de trabalho infantil: mercados, famílias e rede de proteção social

No próximo dia 20, a partir das 14h, o Cebrap sedia o lançamento da pesquisa "Tráfico de drogas entre as piores formas de trabalho infantil: mercados, famílias e rede de proteção social".

A pesquisa discute o trabalho infantil no tráfico de drogas e em outros mercados informais, as condições de vida das famílias e os dilemas de implementação da Política Socioeducativa em Meio-Aberto na cidade de São Paulo. Trabalho de campo, reconstrução de trajetórias, aplicação de questionários e mapas georreferenciados foram utilizados na pesquisa realizada em Sapopemba [Zona Leste], Vila Maria [Zona Norte] e Sé [Centro].

Coordenação: Ronaldo Almeida e Ana Paula Galdeano
Pesquisadores: Deborah From, Paulo Malvasi, Gregório Diniz, Evorah Cardoso, Thiago Godói e Daniel Waldvogel

Dia 20/06, às 14h
Cebrap - Auditório Elza Berquó
Rua Morgado de Mateus, nº 615 - Vila Mariana